IGREJA DE SÃO SEBASTIÃO

                                                                  POR ALICE ANTUNES E MARIA DO CARMO PIMENTA

COMEMORANDO 30 ANOS DE PARÓQUIA

(UM BREVE HISTÓRICO)

 

A história da Igreja de São Sebastião de Vargem Grande teve início em 1923, ano em que se deu o término da sua construção. Foi também no início do séc. XX que a cidade do Rio de Janeiro foi atingida pela febre espanhola, originada na Europa, e que trouxe muita dor e sofrimento às famílias do centro do Rio de Janeiro, mas também das localidades da periferia e da região de Vargem Grande. Um grande número de pessoas faleceu nesta região. Naquela época, nas proximidades das ruínas da venda “Zeca dos Santos”, na antiga Estrada de Guaratiba, hoje Estrada dos Bandeirantes, ergueu-se a Igreja de São Sebastião. O terreno foi doado pela Sra. Mercedes Batista dos Santos, esposa de Zeca dos Santos (José Alves dos Santos). A Sra. Mercedes foi tocada pelo grande número de vítimas da gripe espanhola em Vargem Grande e, movida por sua fé, prometeu erguer a São Sebastião, padroeiro da cidade, um santuário, caso não morresse mais ninguém. A partir da promessa de “Dona Santinha”, como a Sra. Mercedes passou a ser conhecida na região, não faleceu mais ninguém. A construção da Igreja de São Sebastião foi financiada por ela e a edificação permaneceu até o início da década de 80, quando o grupo mantenedor e o Vigário da época decidiram construir outro prédio no mesmo local, já que a Igreja antiga precisava de grandes reparos. Somava-se ainda a necessidade de uma Igreja maior, pois a população aumentara.

CAPELA ANTIGA

foto: acervo pessoal -  Sergio de Carvalho

PARÓQUIA ATUAL

© 2015 by Paróquia São Sebastião. Proudly created with Wix.com

  • facebook-square
  • Twitter Square